Lançamentos sergipanos | Novembro 2020

Atualizado: 30 de Dez de 2020

Novembro foi o mês dos editais da Lei Aldir Blanc e pouca gente teve cabeça pra fazer lançamentos... Ainda assim, rolou muita coisa legal


por Alisson Mota




Sandyalê - Tateia e Sua (singles)

Em novembro, Sandyalê começou a enxurrada de lançamentos pelo edital de Aceleração Labsonica - edição Toca do Bandido. Foram duas músicas ineditíssimas, que você pode saber mais sobre aqui e aqui.

Rafael Aragão - Fogueira de Atalaia (single)

O músico sergipano radicado em São Paulo fez seu primeiro lançamento desde o EP Solúvel, de 2018. Fogueira de Atalaia foi gravada de forma analógica, com mixagem do próprio Rafael e masterização de Arthur Joly.

Héloa - Opará na Pista (Remix EP)

Um ano após lançar Opará, a sergipana teve a colaboração de DJs de diversos cantos do país para fazer o Opará na Pista, que conta com remix de canções de seu segundo álbum.

Alex Sant’anna e Diane Veloso - 1. 2. 3 (single)

Naquele clima lofizão doidera, Alex e Diane lançaram single e clipe. Saiba mais sobre o rolê de 1. 2. 3 aqui.

Arauto - Vai Saber pt.2 (single)

O grupo lançou a segunda parte de Vai Saber, lançada lá em 2018 no álbum Escritura Sagrada das Ruas.

Dissonantes - Lazúli (EP)

Bidu - Timeless (single)

Nine Senses - Caju-SE (single)