Sandyalê - Árvore Estranha (Single, 2019)

Atualizado: 24 de Set de 2019

por Alisson Mota


Sandyalê lançou hoje, 20, o primeiro single do seu segundo disco, homônimo ao single. "Árvore Estranha" mostra um avanço gigantesco na identidade da cantora em relação ao disco predecessor, "Um no Enxame", de 2014. A loucura marca posição no som, com uma melodia tortuosa, enquanto Sandyalê sussurra, também tortuosamente, durante toda a canção, de quase cinco minutos.


A letra, composta por Lauckson (Lau e Eu), que também toca violão na faixa, aborda essa sensação de não pertencimento, expresso também no título do single/disco. E essa sensação vem através de uma verdade que parece estar intrínseca na personalidade da cantora. Nas apresentações ao vivo, essa mudança estética já vinha se desenhando e agora finalmente se cristaliza no clipe, dirigido pela própria Sandyalê em parceria com Gabriel Barretto.


A ideia de "Árvore Estranha" é potencializada no clipe pela performance da própria Sandyalê, que, inspirada na dança japonesa butoh, provoca uma angústia, vinda dos devaneios e é extremamente expressionista. A própria butoh foi concebida lá por volta de 1950, num movimento estético provocado por Katsumi Hijikata e Kazuo Ohno que buscava justamente amalgamar a ideologia moderna do ocidente com a tradição oriental, na busca de expressar a verdade no interior do artista.


E esse conceito da butoh se aplica perfeitamente na canção.


Escute e veja "Árvore Estranha"


Ficha Técnica:

Sandyalê - Voz e coros

Lauckson - Violão

Dudu Prudente - Programações

Ricardo Vieira - coros

Leo Airplane - Mixagem

Dudu Prudente - Masterização


Clipe:

Direção e Roteiro: Sandyalê e Gabriel Barreto

Produção e Direção de Arte: Ana Paula Salmeron, Mary Barreto, Patrícia Polayne

Beleza: Patrícia Polayne

Projeto gráfico: Gabriel Barreto