Lançamentos - Outubro 2019

por Alisson Mota


Outubro foi um mês bem movimentado na música independente em Sergipe.

Aqui a gente faz um apanhado de tudo que rolou neste mês nas bandas de cá, pra você não perder nada do que rolou. Se ligue:



Arthur Matos - Casa Cinza e Na Minha Frente

Logo no início do mês, o cantor sergipano de folk lançou mais um single do seu quinto disco, que já tem nome: Você. Ele é um dos artistas mais prolíficos de Sergipe e vem provando isso com os 4 discos lançados em 5 anos e pelos singles lançados neste ano.

Ainda em outubro, Arthur lançou também a canção Na Minha Frente, décimo single do disco. Interessante observar que todas as músicas serão lançadas como singles, seguido pelo lançamento do disco, em janeiro. Diferente dos seus últimos dois álbuns (Homeless Bird, de 2016, e Accidental Light, de 2014), Você vem com o título e todas as canções compostas em português.



Sandyalê - Árvore Estranha

Depois de cinco anos, Sandyalê lançou o sucessor de Um no Enxame (2014). Seu primeiro disco foi baseado em arranjos minimalistas e orgânicos, numa pegada mais voltada à música brasileira. Já Árvore Estranha apresenta toneladas de sintetizadores e muita inspiração na música gringa, sobretudo o postpunk, e abusa da psicodelia dos timbres eletrônicos.

O ponto fora da curva do trabalho fica por conta da faixa-título, a última do disco, que conta com letra e violão de Lauckson da Lau e Eu, cujo clipe você vê abaixo.



Lau e Eu - Motorista

Outro lançamento com a participação de Lauckson é o single da Lau e Eu, Motorista. A canção já fazia parte do repertório, sendo gravada em 2018 e lançada em 4 de outubro. Apesar de começar com uma pagação nos motoristas em relação ao cuidado com os ciclistas, a faixa descreve os últimos suspiros de usuário da magrela, que bota uma fé de que existe um lugar no céu pras pessoas solitárias. Ouça e entenda:



Café Sexy - Faroeste

A recente banda de blues rock lançou seu primeiro trabalho. Faroeste é o primeiro single do grupo composto por Hugo Arcanjo, Pedro Vital e Neto Norberto e foi lançado com uma b-side, Só eu Sei.

O trabalho apresenta riffs e compassos bem próximos do stoner clássico, ainda que com menos peso nos graves. A banda se apresenta no Fasc em 15 de novembro, no Beco do Amor.



Igor Gnomo - Ao Comandante

O premiado músico lançou a delicada Ao Comandante, em homenagem ao amigo Eryan Monteiro, que faleceu. Na faixa, Gnomo toca violão e guitarra num lamento sublime, intercalado com a percussão de Gildo Madeira, até atingir seu cume com a intervenção da cantora Suzi Martins. A faixa instrumental conta ainda com a bateria de Thiago Reuel e o baixo de André Oliveira. A ilustração da capa é de Gabriel Batista.



neo rasta - Dias

Um dos representantes do rap/trap nos lançamentos de outubro no estado é neo rasta, que lançou Dias logo no comecinho do mês. Com produção do beat minimalista por conta de Magneto, a faixa já é, segundo o próprio neo rasta, o xodó. Dias é o quarto single que o rapper lança neste ano.



Três Terços - Calango Blues

O blues rock mostra que tem muita influência no rock produzido em Sergipe. Outra banda nova é a Três Terços, que apresentou no Dia das Crianças a canção Calango Blues. A faixa abusa da guitarra, sendo, segundo a banda "um cordel narrativo que conta a história de João e seu autointitulado ritmo".



Cidade Dormitório - Fraternidade-Terror

Finalmente saiu o primeiro disco da Cidade Dormitório. Dois anos depois do EP Esperando o Pior, a banda se apresenta mais psicodélica e nilista do que nunca. Antes do álbum, já haviam sido lançado dois singles: Relacionamentos são Extremamente Complicados e Meu Cachorro Sabe Disso e Homo Erectus Plus, esta com participação de lllucas. Agora em formato de trio, a banda parece estar mais concisa e com mais certeza das incertezas que tem. Reflexões sobre a vida conectada e as relações pós-modernas, lombra e bad... tá tudo aí.



A Banda dos Corações Partidos - Offline

Com potencial de chiclete e mesclando brega com pagodão, A Banda dos Corações Partidos faz seu primeiro lançamento após o EP Desamor, de 2018. A faixa foi composta por Diane Veloso e Alex Sant'anna e por enquanto está disponível apenas no Bandcamp e no Youtube. Depois de ver o vídeo, confesso que deu pena do Coisinho... Veja e entenda:



Gab Coelho - Liquid Friends

Ao que parece, o último lançamento do mês é o single Liquid Friends, do trapper Gab Coelho. A faixa é o primeiro lançamento depois do álbum Self Awareness, lançado em maio. Segundo o próprio Gab, Liquid Friends "é uma música sobre amizades e pessoas líquidas, na qual coloco pra fora a sensação de estar rodeado de pessoas mas nunca se sentir acompanhado".