Donali - Novo Normal (single)

Atualizado: Jan 10

Single projeta como serão as relações e o paradigma pós-pandêmico


por Alisson Mota


Fernanda Aquino e David Davi. Foto: Juliana Santin

A banda Donali continua sua saga pela reinvenção e avança no construção de nova sonoridade com o single Novo Normal. A música fala sobre o novo paradigma que se desenha para humanidade no período pós-pandêmico.


Gravado em casa, otimista e experimental, o single tenta prever o que será das relações humanas, do futuro da humanidade como um todo, após a pandemia. "O título é um termo que nos veio de cara, que surgiu durante a pandemia e que é tão controverso. É também poético, pois traz a ideia de redenção e ressignificação de nós, enquanto indivíduos e sociedade. A música é um jogar pra cima, levantar os ânimos, tanto sonoramente quanto na letra", explica David Davi, guitarrista e compositor da Donali.



O 'novo' não remete somente ao título e às perspectiva do futuro. Também demonstra um processo de reinvenção estética que a banda vem passando nos últimos anos. De uma sonoridade orgânica, muito baseada em melodias e arranjos, a Donali se arrisca no terreno das programações e sintetizadores, trazendo as batidas eletrônicas para o centro das composições.


A exploração de novas sonoridades é algo inerente à banda, que após cada lançamento explora novas fórmulas de composição, na ideia de manter a música em movimento, mas sem perder a identidade já consolidada. "O single vem na mesma linha estética do que já vínhamos fazendo, com modulações, sintetizadores e programações eletrônicas. Toda essa experimentação ganha corpo nas harmonizações vocais da Fernanda de Aquino e nas progressões dos acordes, que trazem nossas influências do Jazz e MPB", completa Davi.


Capa: Gabi Ettinger

Cocar Serigy

Novo Normal é a primeira de quatro músicas que serão lançadas pela banda, reunidas no EP Cocar Serigy. O trabalho sintetizará as aventuras da banda em misturar uma estética moderna com as raízes nordestinas, sempre abordadas pela banda de Fernanda Aquino e David Davi. "Tentamos ressignificar a célula rítmica do baião, que originalmente nasce da zabumba. Essa tentativa de trazer novas perspectivas da nossa identidade local marcará ainda outras músicas do EP", revela o guitarrista.


Ficha Técnica


Fernanda Aquino - voz

David Davi - guitarra, programações e arranjos

Emmanuel Jorge - baixo


Mixagem e masterização

Kelvin Farias (Studio Waves)